TOP
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Aventura Costa Rica

Costa Rica, o melhor em turismo de aventura!

Costa Rica foi uma total surpresa, confesso que sabia muito pouco sobre este pequeno pais da América Central, destino escolhido pela familia para passarmos 10 dias  no mês de julho.

Poucos destinos oferecem uma gama tão ampla de paisagens impressionantes e fauna exótica como a Costa Rica. Com certeza seu tamanho diminuto está pra lá de compensado pela sua rica diversidade, lá estão representadas 5% de toda biodiversidade do planeta.

Esquilo branco, eu nunca tinha visto…

Saimos de Porto Alegre pela Companhia aérea peruana, a TACA, que está com vôos diretos semanais até Lima, que é uma ótima opção, não só porque escapamos de escalas longuíssimas no Rio ou SP, mas porque na volta ainda podemos conhecer Lima que é um lugar bárbaro, na beira do oceanos pacífico. De Lima pegamos outro vôo até nosso destino, San Jose.

Foram 10 dias de muito relax, aventuras e aprendizado, escolhemos ficar na região de Guanacastes no Pacífico, poi a gurizada queria experimentar as ondas perfeitas que quebram naquela área. E sabe como é né, viagem de familia, gente de todas as idades, programas muito ecléticos, então a melhor solução foi escolher um hotel com infraestrutura que agradasse gregos e troianos, e acamos ficando no Marriot Guanacastes, que é lindo, na verdade este hotel fica na área de uma antiga fazenda, a Pinilla onde além do hotel, eles tem casas para alugar, quadras de tenis, campo de golfe, clube de praia, etc.

Marriot Guanacastes

A companhia de muitos beija flores nos cafés da manhã.

Visão idílica para quem sai do inverno portoalegrense e aterrisa aqui onde a temperatura não baixa dos 26 graus!

Toda a estrutura pra quem não quiser arredar pé dos limites da enorme propriedade. Mas isto não existe pra mim, é claro que eu adoro passar uma manhã na piscina tomando Piña Colada, mas estar na Costa Rica pela primeira vez o “Eldorado”   do turismo de aventura, e ficar no hotel?? Nem pensar!!! Minha primeira atitude foi comprar o guia Lonely Planet na lojinha do hotel e começar a estudar quais seriam as melhores opções de passeio na região, e aqui vai um conselho, não adianta querer abraçar o mundo e tentar conhecer tudo, porque mesmo que você veja que alguma coisa está a 100km de distância, as estradas são ruins, algumas terríveis, a gente demora pra chegar.

Caminho de Guanacastes até o Parque Ricón de la Vieja, muitas florestas, animais e vulcões.

Nossa primeira aventura foi o Canopy, verdadeira instituição nacional, uma mistura de arvorismo, rapel, tirolesa, uma experiência incrível. A Costa Rica tem diversos parques nacionais e todos tem um ou mais Canopys, eles variam de dificuldade e desafios de acordo com o lugar. Nós escolhemos o Parque Rincón de la Vieja e lá fizemos um pacote que incluia banho nas piscinas térmicas naturais, com direito a banho de lama como tratamento para a pele ( não esqueçam que a Costa Rica é cheia de vulcões e muitos ainda ativos) e o Canopy.

Quando chegamos no local das piscinas termais havia uma casinha de madeira no inicio da trilha que seguia floresta adentro, ali nos deram uma toalha e nos mandaram seguir em frente.

Cruzamos esta ponte até chegarmos nas piscinas, onde nos aguardava o banho de lama.

Piscinas com água muito quente ao lado de cachoeiras.

Se deixar “pintar” de lama medicinal

E depois cair na água das cachoeiras.

Nos despedimos do Sr Sebastian  que trabalhou duro para “pintar” 22 pessoas e estávamos prontíssimos para o que seria nossa aventura do dia, o esperado Canopy.

 

Colocando o equipamento, eles são super preocupados com a segurança,  em cima das árvores e plataformas sempre estamos presos por algum cabo.

Como eu disse existem vários niveis de dificuldade, e apesar de no nosso grupo as idades variarem de 4 a 80 anos, todos puderam participar, evitando os trechos mais dificeis como o Rapel e a escalada posterior.

O cenário é lindo minha sensação era de estar no set de filmagens de Jurassic Park, pois a natureza da Costa Rica é superlativa, é muito exuberante. Nossa primeira deslizada foi de uns 100 numa tirolesa entra as altas copas das árvores, com a adrenalina pulsando, isso vicia, acreditem!

Descer de cabeça pra baixo, nem pensar, fui sentadinha mesmo e saber que tudo que desce tem que subir, um paredão de uns 20m me aguardava na volta!!

E outra tirolesa até a próxima plataforma.

Depois de tanto esforço e adrenalina nada melhor do que uma buena Imperial

Depois de mais ou menos 2h voltamos ao ponto de partida, eu estava em estado de graça, porque esta modalidade reune várias das coisas que eu mais gosto, que é estar em meio a uma natureza deslumbrante de árvores gigantes, canions, rios de corredeira, aliado a isso muita adrenalina e como disse o guru Heitor ” a gente potencializa a felicidade estando junto daqueles que amamos” então o que eu poderia pedir mais?

Eu ainda tenho muitas coisas pra contar da Costa Rica, então aguardem a parte II, III e quiçá IV deste post!

Hotel Marriot Guanacastes :  http://www.marriott.com/hotels/travel/sjojw-jw-marriott-guanacaste-resort-and-spa/

Canopy Rincon de la Vieja :  http://www.guachipelin.com/

Se você gostou desta dica e quer saber de outras coisas legais de arte, viagens, roteiros legais e afins, curta a nossa página no Facebook

                 https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187

«

»

Deixe-nos seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha *

Siga-nos do INSTAGRAM