TOP
24196122-31d7-4b91-8e6c-9af9ef2df4dd
Fotografia perrengue Sem categoria Travel experience Variedades viajandocomarte

Perrengue chique – nem tudo é o que promete

Que tal levantar uma polêmica saudável por aqui!?
Todo viajante já passou por um perrengue para chegar em algum monumento ou cidade e, quando finalmente está frente a frente com a sonhada atração, que desilusão! O sonhado Taj Mahal pode estar envolto em brumas, e, bingo! Vamos embora no mesmo dia.

Sim, existem lugares que todo mundo fala, promete, recomenda, mas, quando você chega lá, só se pergunta: O que eu , nas minhas tão esperadas férias, estou fazendo aqui?
Mas o problema é este: depende do tempo, do estado de humor, da estação do ano!
E do gosto pessoal!

Chegar na praia e ao invés da areia fininha encontrar um monte de cascalhos! Pode ser um exemplo.

5c55dd4b-c39c-434f-a5be-ef8da67b9420

Começo com as palavras do John Mor , que sintetizam a ideia e o momento

“Viajar não é um deslumbro, é uma experiência. É uma jornada pessoal, gera mais perguntas do que respostas. Nossas expectativas foram produtos de nós mesmos, não é culpa de ninguém mais, e nossas decepções resultam de nossa própria esperançosa imaginação. Viver é criar cicatrizes.”

Elencamos aqui algumas situações enviadas por nossos leitores para a o nosso Grupo do Viajando com Arte no Facebook.

Divirtam-se e podem nos enviar mais histórias.


1- Muralha de Adriano na Inglaterra foi um destes. Andamos, andamos e quando chegamos lá parecia uma cerquinha de ovelhas, destas de pedra que vemos na Serra. Uma taipa baixinha e sem nenhum glamour. 

blog1

Já cai na das Muralhas de Adriano, fui levada pelo meu marido, o pior é até agora ele afirmar que foi legal ! Uma que me marcou foi quando guria, em Paris, visitar a Bastilha, estava crente que ia ver a famosa prisão . Débora Presottoblog2


2- Veneza. Eu estava sempre perdida, tudo extremamente caro, sem nada de verde (era inverno e chuviscava TDS os dias), ficava me perguntando como as crianças aguentavam viver num lugar sem um grande gramado (eu, pelo menos, não encontrei). Mariana Ruwer Azambuja

83e68991f08ac78b180992910ed58fd3

3-Mont Saint Michel! Uma das visões mais lindas que já tive de longe! Logo na entrada da abadia, muitas tendas de comércio, descaracterizando o ambiente medieval q esperamos… Marisa Braz Silveira

Mont-Saint-Michel

The narrow medieval bustling streets of Mont St Michel, Normandy, France

The narrow medieval bustling streets of Mont St Michel, Normandy, France

4-Manneken Pis / Bruxelas. Procuramos e quando chegamos estava vestido!!! Uma farda em comemoração a uma data militar. Neco Schertel. 

5632937910_26f312165c_z

Achei a estátua tão pequena e numa esquina tão insignificante… Nilton Wainer e Lenize Hornos Magnan

5-A minha primeira decepção foi a Praia de Itapuã. A partir de então não tenho grandes expectativas, o que acabou sendo muito bom, porquê me dei o direito de deslumbre do primeiro olhar. Assim todos os turistas em Machu Picchu ou no Cristo Redentor não tiraram a minha alegria de estar naquele local, naquele momento. O viver o presente como o grande presente. Catarina Furtado e Jacqueline Bogarin

unnamed

Vou ficar no Brasil mesmo…a praia de Vinicius de Moraes, a tão cantada Itapuã, q decepção! Ivone Bins

6- Minha decepção foi com a Capela Sistina…era um sonho conhecê-la….eu não sabia que para chegar até ela teria de atravessar vários museus, apinhados de gente, onde não consegui apreciar quase nada….adentrando a Capela, estava abarrotada de gente, eu já muito cansada, sem ânimo para apreciar e os guardas falando para não parar, não fotografar, só seguir adiante…ufa.. Virginia Angelo

3742526919_1313717a93_b

7-Minha decepção foi a cidade de Puno, no Peru, onde fica o lago Titicaca. Fomos de ônibus de Cusco até Puno, um trajeto bem pitoresco, passando por várias regiões interessantes, mas quando chegamos em Puno foi grande o desapontamento . A cidade é feia demais, pobre, os prédios não são acabados em função de impostos pois se estão em construção a taxa é menor. Não tem verde, tudo sujo , cinza e feio. Nosso hotel era ótimo , bem na frete do Lago então optamos por nem circular pela cidade. O aeroporto fica em Juliaca, cidade vizinha , que consegue ser mais feia que Puno e não ter a atração do lago. Um Peru pobre, feio e superpovoado, transito caótico. Mas o lago vale este passeio. Vão preparados! Paula Favero Hoffmeister

Puno_Peru_2

8-Reveillon na Champs Elysées! Pra começar, os metrôs não funcionavam (greve), tivemos que fazer uma longa caminhada. Ao chegar, uma aglomeração gigantesca pra passar pela segurança nos tomou mais 1/2 hora. Com todo este atraso, depois de passar pelas cancelas (sem poder levar champagne, pois é proibido), ficamos atrás da multidão, muito longe do Arco do Triunfo. Tivemos que ver o show (mixuruca) de imagens pelo telão. Daí veio o pior: à meia-noite, um show curto e também mixuruca de fogos e quando achávamos que o povo ia fazer “aquela” festa… que nada: eles se dão um abraço (isto foi antes da pandemia), dão meia-volta e vão pra casa. Muito desanimador!!! Que contraste com as nossas festas. Nilton Weiner 

94999394_229558898386217_7000925966700642304_n

Quando retornei a Paris, depois da primeira vez em 1990, me senti aturdida e decepcionada com a multidão na Champs Elysees… um formigueiro humano. Maria Denise Klein 

9-A minha foi com o Projeto Tamar na Praia do Forte. Achei que era grandioso, e não acreditei quando vi aqueles tanques. Astrid Martins

DNG09_C_2104

10 – Praça Rockefeller “enfeitada” com trapos ao invés das bandeiras das nações. Marília Santos

95087651_10219339063700903_4897107537507123200_n

11- Eu tb me decepcionei com Florença… faz muito tempo, mas acho que pelo excesso de gente e camelôs. A minha expectativa era gigantesca por toda a história da arte e também porque minha vó falava muito q tinha gostado. Mas assim… pequena decepção 😅 Maria Lucia Meirelles

resized_99261-steves-italy_50-17954_t800

12-Bangkok, capital da Tailândia. Primeira passagem. Hospedados num excelente hotel, no centro. Saímos logo após a chegada a noite, a pé para jantar. Calor, gente, baratas…muitas baratas nas ruas… disse nunca mais voltar…voltei, é um hub! A pé só de dia…rsrsrs. Claudia Guerses

Chinatown1940x1300

 

Se você quer receber nosso conteúdo exclusivo semanalmente , assine Newsletter Viajandocomarte

«

»

Deixe-nos seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha *

Siga-nos do INSTAGRAM