TOP
peru trilha - Copia
America do sul Aventura Cordilheira Branca Cordilheira Huayhuash Ecoturismo Huaraz Life Style Peru Travel experience trekking trilhas

Trilha pelo topo do mundo – Cordilheira Huayhuash, Peru.

Ano passado fizemos a trilha de Salkantay, próximo a Cusco, que foi uma experiência muito legal, éramos um grupo de 12 pessoas do mundo inteiro. Mas meu coração pulsava pelas montanhas no norte do Peru onde em 2015, havíamos feito a trilha da Laguna de Santa Cruz na Cordilheira Blanca.

Se você quiser saber mais sobre Huaraz e a Cordilheira Blanca olha aqui: http://www.viajandocomarte.com.br/trilha-e-avent…ra-branca-peru/

Na ocasião jantamos na melhor (única : )  ) creperia em Huaraz, a do francês Patrick, e ele falou muito sobre a beleza impressionante da Cordilheira de Huayhuash, aquilo ficou marcado a fogo na minha mente e voilá! 3 anos depois estávamos de volta a Huaraz, a meca latino americana de trilhas e escaladas.
Desta vez a pegada era bem mais forte, a trilha seria de 6 dias e mais 2 trilhas prévias  de aclimatação, ou você está achando que andar entre 4000 e 5000 metros de altitude é moleza?

IMG_2263

Aqui nós 3, eu, Luisa e Ana, saindo para nossa primeira trilha de aclimatação, em uma montanha próxima a Huaraz.

IMG_2264

Tudo correu bem nas trilhas de aclimatação, nada de soroche,  como eles chamam o mal da altitude. A gente se sente um pouco mais ofegante, mas tem várias pessoas que passam mal, os sintomas mais comuns são dor de cabeça e enjôo. Mas treino é treino e jogo é jogo, só lá nas montanhas que realmente poderíamos saber como nosso organismo iria responder.

IMG_2484

IMG_2401

Tudo certo, muita expectativa, zarpamos em uma viagem de van de umas 6 horas.
E aqui transcrevo meu diário dos dias que se seguiram:

IMG_2520

Saindo da estrada Pan americana, a paisagem já começou a mudar.

mapa huayhuash

Este é o mapa do nosso circuito

Dia 1 – Maracancha ou Cuartelhuain.

Saimos de Huaraz as 9hs, dia lindo de sol. Gravei a chamada para o nosso podcast do Peru e pegamos a estrada em direção ao sul, a mesma que vai para Lima. Depois de 1 hora entramos a esquerda e entramos em uma estrada cênica tendo a Cordillera Huayhuash ao fundo, lindo demais.

Paramos ao lado de um rio de corredeira em um lugarzinho gramado perfeito e almoçamos papas com crema de espinaca. As comidas de acampamento aqui são deliciosas, os “chefs” das trilhas fazem cursos de culinária especial para acampamento, a gente come trutas assadas, cereais com frutas aquecidos, sopas energizantes, tudo muito bom.

IMG_2626

Nosso pic nic durante a viagem.

Seguimos viagem por estradinhas cada vez mais estreitas e ingremes.

Entrando para dentro do vale.

Chegamos a Llamac e depois entramos no parque na vila de Pocpa, 15 soles por pessoa.

Chegamos ao acampamento em torno das 14:30, já havia 2 grupos e chegaram mais.

Tomamos o cha da tarde e agora começou a chover, espero que não dure tanto tempo.

Parou a chuva e o final de tarde foi lindo, dourado, auspicioso.

IMG_3398

IMG_3400

Entardecer de tirar o fôlego previa um começo auspicioso para o nosso grande desafio

Dia 2 – Cuartelhuain / Mitucocha.

Saimos as 6hs e cruzamos o passo Cacanan 4700m

Depois seguimos e almoçamos e subimos o segundo Passo através do lugar chamado Quebrada Caliente. E a chuva gelada feito mini granizos nos pegou no caminho.

40512931_327322058003613_2264363937350811648_n

Esta foto foi logo depois da primeira subida forte, a gente acha que não vai conseguir afinal 4.700mt, é um bocado, mas o segredo, é respeitar o seu ritmo, ir devagar, e quando a gente chega lá no topo, o sentimento é indescritível.

Foi muito difícil, um desafio enorme, fazermos em 1 dia o que as pessoas normalmente fazem em 2 dias, caminhamos 11 hs e chegamos no acampamento já quase escuro. Foi muito, muito, muito exaustivo.

Acampamos ao lado da lagoa Mitucocha.
O lugar é fantástico, mas só pudemos apreciar o cenário quando amanheceu, ontem estávamos completamente exaustas, jantamos e capotamos.

IMG_3389

IMG_3387

Quando amanheceu o visual era este, e toda a bronca do dia anterior já havia passado

 Dia 3 – Laguna Carhuacocha – Passo Carniceiro (4.800mts)

Saimos as 7h 30 e o trajeto foi cinematográfico, lindíssimo, 3 lagunas e subimos, subimos até o miradouro a 4400m. Uma das paisagens mais lindas que já vi na vida. As vezes ouvíamos uns estrondos ameaçadores que eram pequenas avalanches e gretas estourando. A água das lagoas era muito verde, foi uma visão inesquecível.

IMG_3380

Lupinas nos acompanharam por todo o caminho.

IMG_3091

Visão espetacular das 3 lagoas

IMG_3110

Nestor nosso guia preparando o almoço.

Ali naquele lugar espetacular sentamos para descansar e comer um lanche.

Mas ainda era cedo para festejar, nos esperava um dos pasos mais duros, o Carniceiro, com este nome sugestivo subimos por ele até o topo de 4800m e lá no teto do mundo, almoçamos.

IMG_3097

No topo do Carniceiro

Mas ainda estávamos a quase 3 horas de caminhada do acampamento e começamos a descer com um sol forte por um vale lindo.

IMG_3038

Quando olhamos na direção que estávamos seguindo de um minuto para o outro havia se formado um céu escuro ameaçador e víamos mangas fortes de chuva mais ao longe. Quando a tempestade nos alcançou era um vento forte com mini granizos de neve que açoitavam o nosso rosto, caminhamos uma meia hora nestas condições, quando de repente assim como veio, a tempestade e as nuvens se foram o sol voltou e chegamos ao acampamento pelas 4h da tarde. Ana que foi a cavalo e por outro caminho evitando o Carniceiro havia chegado ao acampamento as 13:30, bem descansada e faceira.

IMG_3277

IMG_3258

IMG_3501

Arrumamos tudo, jantamos, na janta sempre temos uma sopa deliciosa de entrada, ontem foi de Zapallo, (moranga) depois frango com cogumelos e arroz e uma mini torta de sobremesa.

As 9h fomos dormir, dormi muitíssimo bem, foi restaurador.

IMG_3697

lanchinho da tarde.

Dia 4 – domingo – Passo Portachuelo (4750mts) / Laguna Viconga

Saimos 7:15h do acampamento, com bastante neblina e logo abriu um dia magnifico de sol, hoje fomos todo o trajeto juntas, Ana no cavalo e Luisa e eu caminhando. O dia foi ótimo, tivemos um Paso Portachuelo, leve não tão ingreme. Vistas incríveis de montanhas, lagos verdes um lago enorme, o Viconga que serve de reserva de água em caso de seca.

IMG_3383

IMG_3312

Fizemos um lanche após o Passo, e depois subimos ao longo da barragem, para cairmos em um vale lindo, verde, uma área super remota, com cachoeiras, e aprendemos que neste mesmo lugar era usado como campo de treinamento da facção terrorista Sendero Luminoso. Até chegarmos ao nosso acampamento as 13:30, foi o dia mais light e que chegamos mais cedo. Aqui tem 3 piscinas termais com água extremamente quente, tomamos banho! Foi uma glória! Já estávamos nos sentindo um tanto azedas e poder relaxar o corpo cansado naquela água quente foi maravilhoso! Tempo tão lindo que colocamos a mesa e almoçamos ao ar livre, memórias para a vida.

IMG_3392

Piscinas de águas termais, perfeito para depois de dias de trilhas, um luxo!

IMG_3350

IMG_3138 

IMG_3379

IMG_3382

Dia 5 – Laguna Viconga / Passo Cuyoc (5.000mts) / Passo Guanacpatay ( 4.300mts)

A noite passada foi fria, o ar estava fino e o céu absurdamente estrelado, nestas horas me dou conta porque estou neste lugar, porque tantas horas caminhando, e me sinto minúscula diante desta natureza onipresente, dos seus barulhos noturnos, das águas correndo cristalinas, e parece que chego muito próxima do paraíso, ou ou menos do que penso ser o paraíso e tudo faz sentido.
Hoje raspamos o topo do mundo, subimos o Passo Cuyoc o mais alto de todo o circuito, 5000mts, a visão é incrível, o dia estava ensolarado e nosso astral animado. Descemos e almoçamos em um vale gramado, e nosso guia, muito gente boa, o Nestor, nos permitiu até uma sestiazinha gaúcha no sol.
Seguimos pela quebrada Huanactapay e acampamos em Rinconada a 4.300mts.

IMG_3710

mãos de 5.000 mts, o lugar mais alto de todo o circuito – Passo Cuyoc

IMG_3579

IMG_3669

almocinho no sol, a gente merecia!

IMG_3702

Nosso último acampamento, lugar lindo demais.

IMG_3704

 

Dia 6 –  Huayllap / Huaraz

Acordamos cedinho, e partimos para aquele que seria nosso último dia de caminhada, nesta noite passei muito mal fui acometida pela maldição de Cortez, se é que vocês me entendem… foi um deus nos acuda, durante a noite. Comecei caminhando, mas depois da 2a parada, estava me sentindo muito fraca e montei no cavalo. Subimos bastante, e garanto que prefiro mil vezes estar sobre as minhas pernas do que montada a cavalo naqueles desfiladeiros, mas eu não tinha escolha. A descida foi caminhando por um vale tranquilo e bonito, até chegarmos a um vilarejo onde a van estava nos esperando para uma longa jornada de volta a Huaraz.

IMG_3181

IMG_3781

Foram dias duros e extenuantes sim, mas estar nestas montanhas intocadas em comunhão total com a natureza, é uma experiência espiritual, a gente nunca volta a mesma pessoa, a montanha ensina muitas coisas, humildade, superação, te traz muita paz de espirito, sei que ainda vou fazer muitas trilhas pelo mundo, mas duvido que alguma seja tão desafiadora quanto esta.

 

«

»

Deixe-nos seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha *

Siga-nos no Instagram

  • O Alhambra é a declaração de amor de Granada - e da Europa - para a cultura mourisca. Tendo como pano de fundo os picos nevados da Sierra Nevada, este complexo palaciano fortificado começou a vida como uma cidadela murada antes de se tornar a sede opulenta dos emires de Nasrid, em Granada. Os seus palácios, os Palacios Nazaríes do século XIV, estão entre os melhores edifícios islâmicos da Europa.
.
.
.
.
#espanha #granada #alhambra #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • Uma das experiências mais incríveis do Viajando com Arte no Egito foi voar sobre Luxor e o Vale dos reis de balão ao amanhecer.
.
.
.
#egito #luxor #balao #travelexperience #photography #viajandocomarte #amazingplaces #airbaloon
  • Olivais pelas estradas da Andaluzia entre Granada e Alcalá Real.
.
.
.
#espanha #andaluzia #granada #viajandocomarte #oliveiras #photography
  • Ásia para voltar no tempo.
Myanmar ficou anos anos isolada e aparece como uma opção tranquila e bem preservada.
Bagan tem mais de 3 mil Pagodas budistas espalhadas por uma linda planície verdejante .
.
.
#bagan #myanmar #viagem #aventura #ig_myanmar #birmania #viagemcultural
  • Andaluzia.
.
.
.
#malaga #andaluzia #flamenco #viajandocomarte #amazingplaces #photography #espanha
  • Málaga, fica na Andaluzia cidade natal de Picasso, Antonio Banderas, na beira do Mediterrâneo, por aqui já passaram fenícios, gregos, romanos e mouros.
Lugar cheio de história e muito charme.
.
.
.
#espanha #andaluzia #malaga #bike #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • Domingo em Saint Germain des Près, Paris.
.
.
.
.
#França #paris #saintgermain #viajandocomarte #amazingplaces #photography
  • Domingo de outono 🍂.
Repare que no interior da pirâmide do Louvre já figura uma árvore de Natal.
.
.
.
.
#frança #paris #louvre #viajandocomarte #outono #amazingplaces #photography