TOP
post (13)
Africa Aventura Egito Roteiros Viajando com Arte Travel experience

Viajando com Arte Egito 2018

Acabamos de realizar nossa terceira edição do Viajando com Arte no Egito, a última vez tinha sido a exatos 10 anos, infelizmente depois de 2008 o país entrou em um longo período de turbulência politica que nos manteve afastadas deste lugar fantástico por bem mais tempo do que gostaríamos.

IMG_0074

Templo de Philae em Aswan, dedicado a deusa Isis.

Nosso roteiro começou pelo sul do Egito, fizemos nossa base em Aswan, cidade famosa na antiguidade por suas pedreiras de granito de onde saíram muitos obeliscos que foram usados para decorar templos por todo o Egito. Aswan também estava associada com o lugar de nascimento do rio Nilo, (que nasce no centro da Africa) de lá se podia navegar até o delta do mediterrâneo, pois os egípcios faziam todo o transporte via fluvial, por esta razão a roda demorou a se tornar algo comum por lá.

46801434_284762228821288_590528647098531840_n

Mercado de especiarias de Aswan.

Nos instalamos no Hotel Old Cataract , este hotel data do período colonial inglês, é um hotel lendário, foi aqui que Ágatha Christie escreveu seu famoso livro – A morte no Nilo.

O hotel fica em um dos tantos oásis a beira do rio Nilo, o lugar é belíssimo, e da sacada do quarto podemos ver o deserto.

post (11)

Vista da sacada do quarto do Hotel Old Cataract.

post (4)

Passeio de camelo ao entardecer em Aswan.

46884366_2185329281511412_4535706582377299968_n

Por do sol em Aswan.

Visitamos os grandes templos construídos por Ramsés II, que ficam uns 300 Km ao sul de Aswan, conhecidos como Abu Simbel, a gente chega em um vôo curto de menos de 1 hora.

post (1)

Visitando Abu Simbel, os templos construidos pelo faraó Ramses II

IMG_0067
Os templos são grandiosos, e devido a construção da grande represa de Aswan, eles foram literalmente fatiados e trasladados cerca de 200 m do seu lugar original, para evitar que ficassem submersos pelas águas do lago Nasser, em um empreendimento caríssimo financiado por vários países para salvar este grande monumento reconhecido pela Unesco como patrimônio da humanidade.

Aswan tem um mercado bem típico com muitas especiarias, e lá fomos nós, conferir as padarias que assam o pão na hora, comprar o chá mais típico daqui chamado de karkadi, que é o chá de Hibiscus.

post (6)

Happy hour navegando em Feluca pelo rio Nilo.

IMG_0084

Vista do Hotel Old Cataract em Aswan.

De Aswan saem os cruzeiros que sobem o rio Nilo até a cidade de Luxor, são 3 dias de navegação, na minha opinião uma das experiências mais legais para se ter no Egito, pois do barco vamos observando as margens verdes e exuberantes das tamareiras, e logo ali já se vislumbra a imensidão do deserto. Ao longo do caminho vão surgindo templos que a gente visita. A tardinha, o horário mágico, o Egito nos brinda com um por do sol mais lindo a cada dia. Ouvir o chamado para a reza (que acontece 5 vezes por dia) é lindo, emocionante.

post (16)

Vista da cabine no barco navegando o rio Nilo.

IMG_0283

deck do barco.

Na segunda noite no barco tivemos uma festa egípcia, todas vestidas como Cleópatras, Nefertaris, Nefertitis, nos divertimos demais.

festa

Festa Egípcia.

46819114_1912783145507142_703251360862175232_n

Durante a navegação até Luxor a gente visita vários templos.

Chegando em Luxor fizemos o passeio de balão ao amanhecer, foi simplesmente espetacular, o dia estava perfeito, o ar límpido e levantar com o sol, junto com outros balões foi especial.
Nestes 10 anos eles se profissionalizaram muito, tudo melhorou, exceto que a gente sempre tem que madrugar, pois além de ser o horário mais bonito, é também o mais seguro, pois normalmente não tem vento.

46519972_275370506451774_2913648639001755648_n

Enchendo os balões para subir aos céus junto com o sol no Vale dos reis.

IMG_0547

46744437_2185329301511410_3783686864301457408_n

De cima se vê claramente o limite do vale irrigado e o inicio do deserto.

IMG_0429

O templo da faraó mulher Hatshepsut no vale das rainhas em Luxor.

Luxor é conhecida como o maior museu a céu aberto do mundo, você passeia pela cidade e vê o Egito antigo passando pelos seus olhos. Tem dois templos importantes Luxor e Karnac, este último dedicado ao todo poderoso deus Amon – Rá.
E foi no vale dos reis, na margem ocidental do rio Nilo, onde se fez um dos achados arqueológicos mais importantes da humanidade – o tesouro intocado do Faraó Tutankhamon, pelo inglês Howard Carter em 1922.
Hoje a gente visita várias tumbas incrivelmente bem preservadas com pinturas que conservam suas cores originais, mesmo depois de 3000 anos. Mas o tesouro do faraó Thut está conservado no Museu no Cairo.

post (8)

a Sala Hipostila do templo de Karnak, com sua floresta de colunas monumentais.

image00078

Templo de Karnak

46624976_1689352921170998_6341815165855465472_n

detalhe do templo de Hatshepsut

Nossa última parada foi o Cairo, que sim é uma cidade caótica, confusa, mas a gente tem que procurar ver a sua beleza. Nossa localização ajudou bastante, ficamos no Four Seasons, cujos quartos dão de frente para o por do sol no Nilo, um lugar privilegiado, perto das atrações mais importantes.

image00091

Vista do rio Nilo da sacada do Hotel Four Seasons no Cairo.

Fizemos muitas visitas legais na cidade, algumas fora do circuito normal dos roteiros, como é o caso do enorme Parque Al Azhar, um coração verde no meio da cidade, onde os casais vão para namorar e crianças fazer piquenique com suas classes.

post (15)

Parque Al Azhar, no Cairo.

cairo sky

Mesquita de Alabastro no Cairo.

image00087

Interagindo com as meninas locais, eles são super receptivos e adoram posar para foto com os turistas.

post (9)

Mercado Khan el Khalili, no Cairo

Ponto alto foi o Sitio de Gizé onde estão as famosas pirâmides e a esfinge, conseguimos um lugar especial para visitar com exclusividade a esfinge de pertinho sem outras pessoas, entramos na pirâmide de Kefrem, andamos de camelo próximo das pirâmides, almoçamos no Hotel Mena House, que tem vista única do sitio. Nos despedimos das pirâmides com o espetáculo de luz e som que conta de maneira bem didática um pouco da história desta civilização.

post (3)

post (10)

Super tranquilo de visitar o sitio de Gizé, nada de multidões.

IMG_0946

IMG_0983

IMG_1029

o famoso beijo na Esfinge.

IMG_0995

Para fechar com chave de ouro nossa imersão na cultura do Egito antigo, fizemos uma visita privada ao Museu do Cairo antes da sua abertura. Foram 2 horas inteiras com o nosso acompanhamento mais nosso guia egípcio. Ter aquele museu só para nós, foi um privilégio, pois o museu é pequeno e costuma ficar lotadíssimo.

46523871_186671198940208_2026107571567329280_n (1)

Final da visita ao Museu do Cairo, como boas brasileiras, cada uma com a sua sacolinha : ) !

Nosso grupo foi muito bacana, super astral e muito parceiro,  pois no Egito se acorda muito cedo, para poder aproveitar as horas mais frescas do dia, e todas enfrentaram as madrugadas  com muito bom humor.

Foram dias intensos de muito aprendizado e ótima convivência.

«

»

2 COMENTÁRIOS
  • Rosane Coelho Rodrigues
    2 semanas atrás

    Tudo maravilhoso!
    Qual o custo de uma viagem dessas?
    É meu sonho conhecer o Egito.

    • Clarisse
      2 semanas atrás
      AUTHOR

      Olá Rosane,
      Infelizmente o Egito não vamos repetir por ora.
      Se te interessas pela Russia que faremos em agosto ou a África do sul em Setembro, posso te enviar a programação completa com valores.
      Abraço,
      Clarisse

Deixe-nos seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha *

Siga-nos no Instagram

  • Pont d'Arc é uma grande ponte natural, localizada no departamento de Ardèche, no sul da França, a 5 km da cidade de Vallon-Pont d'Arc.
O arco de 54 m de altura, foi lentamente esculpido pelo rio Ardeche.
O local é perfeito para canoagem e kaiaking. Para os mais aventureiros é possível alugar uma canoa, mais acima no rio e descer até o arco, a paisagem é deslumbrante.
.
.
.
#frança #Ardèche #pontdarc #kaiak #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • A base inicial perfeita para explorar os Alpes Franceses é Grenoble, enquanto cidadezinhas que parecem pinturas como Chamonix-mont blanc e Megève tem estações de ski incríveis. Também é ótima opção no verão quando o gelo derrete, a natureza exuberante para quem gosta de trilhas e pic nics.
.
.
.
#frança #grenoble #alpesfranceses #viajandocomarte #viagemdecarro #photography
  • Nas encostas de uma montanha escarpada fica a pequena Rocamadour, cidade medieval no sudoeste da França.
Rocamadour, que na tradução livre quer dizer 'amante das rochas',é centro de peregrinação a virgem negra desde a idade média. .
.
.
#frança #Rocamadour #virgemnegra #dordonha #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • No Lago Titicaca o tempo parou e só nos resta contemplar.
.
.
.
#peru #titicaca  #viajandocomarte #viagem
  • Suas asas existem. Tudo o que você precisa fazer é voar.
.
.
.
#peru #machupicchu #viajandocomarte #amazingplaces #photography
  • Mosteiros ortodoxos de Meteora. Na Grécia continental uma região pouco conhecida e muito intrigante.
.
.
.
#grecia #meteora #viagem #viajandocomarte #mosteiro
  • A hora mágica.
.
.
.#ilhasgregas #grecia #paxos #sunset #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • A beleza bucólica das ilhas Argo Saronicas ! Uma Grécia autêntica e preservada. .
.
.
#viajar #viajandocomarte #grecia #argosaronic #greece #praia #verao