TOP
IMG_0881
Austria Europa Viena

Viena revisitada – Parte II

Luas de Viena

Pois eu contava aqui pra vocês da  minha última estadia em Viena neste fevereiro de 2012.

Tudo começou porque 2012 é o ano que comemora os 150 anos de nascimento de Gustav Klimt, um dos maiores artistas austríacos e um dos meus artistas favoritos. As telas de Klimt são inconfundiveis, elas atraem o seu olhar e uma vez que você olha é capturado pela sua beleza infinita, seja das belas paisagens que ele pintou de maneira muito particular, seja pela sensualidade com que retratou as mulheres. Isto para mim já é motivo suficiente para voltar a capital austríaca. Me resignei com o fato de ser inverno e consequentemente os dias serem mais curtos, mas digo aqui entre nós, valeu muuito a pena.

Uma amostra da obra de Klimt no Leopold Museum

Viena está maravilhosa.

E aconselho de novo, se vocês forem a Europa este ano, vão até Viena. Sobram motivos para isso:

Vá almoçar no Schnitzelwirt – o lugar é simples, todo de madeira, mas é o melhor Schnitzel da cidade, estou falando daqueles bifões que ocupam um prato inteiro, a milanesa, recheado com presunto e queijo e  que você ainda pode pedir com molho de nata. Sim é para trogloditas, mas depois de caminhar horas olhando museus, curtindo as atrações, e o relógio marcar 3h da tarde, você também não seria? Nosso plano inicial era de comer só uma saladinha, mas tivemos a felicidade de cair neste endereço onde recortes de jornais mostravam que o Schnitzelwirt, era o lugar mais premiado pelo seu bifão, não prová-lo seria quase uma heresia, então fica aqui minha dica, quando a fome apertar, é para lá que você vai, não tem perdida.

Aqui é o lugar do Schnitzel, fica a poucos minutos do Museumsquartier, na Neubagasse, 52

E para não me deixar mentir, a matéria do Chef do Schnitzel dizendo que ele é O cara do bifão!

No post Viena revisitada parte I eu falei dos museus que considero imperdíveis, outro lugar que é um must na cidade é visitar as duas principais residências da familia Habsburgo. Uma é o Palácio Imperial de Hofburg ou simplesmente Hofburg, como é conhecido pelos vienenses. Foi a residência oficial e centro do poder dos Habsburgo, soberanos da Áustria entre 1278 e 1918, que o usaram como sua principal residência de Inverno. O Palácio foi feito para impressionar com toda a pompa e cirscunstância caracteristica dos Habsburgo. A gente visita as salas imperiais e alguns dos aposentos privados e pode também ver as mesas com todas as louças e serviços chiquérrimos dos tempos aureos do império Austro-Húngaro.

Mas se você não é muito chegado em palácios e acha toda esta pompa um pouco cansativa então passe a visita ao Hofburg  mas em hipótese alguma deixe de conhecer o Palácio de Schönbrunn, que era a residência de verão dos mesmos simplícimos Habsburgo. O palácio hoje já está dentro da cidade de Viena,dentro de um  parque de 160 hectares, lá está o jardim zoológico mais antigo do mundo com 16 hectares. Os jardins, as fontes, são um capítulo a parte, é uma visita do qual você não vai se arrepender, a menos que você seja insano como nós que tentamos visitar o parque em feverereiro, abaixo de vento e neve, bueno, na nossa empreitada só faltou o cocar, no mais, a indiada foi completa.

Chegando no Palácio de Schönbrunn, reparem que dia agradavel para visitar um palácio de verão

Reparem na minha cara de ” O que é que eu estou fazendo aqui!”

Me senti na obrigação moral de colocar uma foto do Schönbrunn, numa estação mais afável, para fazer justiça a beleza do lugar, e registro que tem uma visita aos apartamentos privados dos Habsburgo, incluindo a sala de ginástica da amada imperatriz Sissi que é bem interessante de fazer, com qualquer clima! brrrrrrrrrrrrr

 

Aconteceu de estarmos em Viena em pleno Valentine´s day, dia 14 de fevereiro,  o dia dos namorados do mundo inteiro, não entendo porque só aqui no Brasil comemoramos este dia em data diferente, alguém aí sabe me explicar?

Mas o que eu estava contando é que neste dia era fundamental fazer uma reserva para jantar pois os pombinhos iriam ocupar cada mesa de restaurante na cidade. Eu tinha a dica de uma amiga festeira e tratei logo de ligar para reservar uma mesa, e consegui, mas com uma ressalva, às 10h tinhamos que zarpar pois eles tinham outra reserva. E sabe como é em viagens, né? A gente tem a ilusão que vai ter tempo e  energia para ir até o hotel, tomar banho se embonecar e sair flamante… ahahaha pura ilusão! Na prática o que acontece é o seguinte: Você caminhou o dia inteiro, viu milhares de coisas, parece que um dia tem 54 horas e lá pelas 8h da noite  além de estar morrendo de fome a gente está acabado! Então fechou bem, fomos assim meio podrinhas mesmo, direto para o MOTTO – um lugar muito descolado, animado, vibrante mesmo. Na porta onde indicava o endereço ficamos nos perguntando:” Hi será que é aqui mesmo? Será que é uma roubada ? Pois , gente, era muito estranho, só aquela porta, tipo de boate, sabe? E resultou que o lugar é super cool! Música, decoração inusitada, comida deliciosa, enfim uma experiência vienense que recomendo, ainda ao final fomos presenteadas com um lindo bouquet de tulipas brancas…

Reparem a entrada nada glamorosa do MOTTO

Lá dentro a decoração hiper cool, olhem as bonecas coladas no teto!

Ali à esquerda as tulipas que ganhamos na saida – mimo de Valentine´s day

Outra dica para aqueles que gostam de Arte e Arquitetura é visitar o prédio da Secessão de Viena, e aqui vamos pedir ajuda aos universitários da Wikipédia:

“A secessão austríaca (1897-1920), ou secessão de Viena foi uma iniciativa de protesto de artistas da época contra as normas tradicionais, artísticas e étnicas, da sociedade atávica e transitória da época. Era uma tentativa de se encontrar uma identidade de grupo para o país.”

Prédio da Secessão de Viena, ironicamente apelidada pelos vienenses de repolho dourado – a uma quadra da famosa Ringstrasse

Liderados por Gustav Klimt (lembra?) vários artistas quiseram romper com a engessada e careta arte acadêmica, os secessionistas queriam também trazer artistas de outros paises, trocar experiências e neste espirito trouxeram muitas exposições de Fauvistas franceses, Expressionistas alemães e  de várias correntes artisticas e sempre mantiveram uma postura critica e vanguardista.

Detalhe da fachada

Ahh já ia quase esquecendo no coração da cidade está a Catedral de Santo Estevão, lindíssima. Mas se você quer ver algo realmente diferente vá até lá à noite, quando um show de luzes coloridas cobre a catedral por dentro e por fora e uma música clássica altíssima inunda seu grandioso interior.É de arrepiar!

Catedral de Santo Estevão

E o seu interior todo iluminado à noite quando a música clássica preenche todo o espaço

Se você gostou deste post , e quer saber mais dicas de viagens, exposições roteiros e cultura curta nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/pages/Viajando-com-Arte/121374657937187

Schnitzelwirt – Neubagasse, 52

MOTTO – Schonbrunner Strasse, 30 – fone 5870672;05

«

»

Deixe-nos seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Captcha *

Siga-nos no Instagram

  • Descubra a alma portuguesa através das suas lindas fachadas de azulejaria.
Aqui a Igreja de Santo Idelfonso, na Cidade do Porto.
.
.
.
#portugal #cidadedo porto #viajandocomarte #azulejaria #photography #amazongplaces
  • A Expedia , uma empresa de viagens e tecnologia norte-americana sediada na California, nos contatou para escrever um post em parceria com o Viajando com Arte sobre um destino no Brasil. 
Ficamos super orgulhosas e partimos para falar sobre nosso chão, lugar que nos deixa feliz de estar no RS, Gramado. 
O resultado desta parceria lá no blog www.viajandocomarte.com.br
Que seja a primeira de muitas! @expedia @expediabrasil .
.
.
#expedia #expediabrasil #gramado #canela #viajandocomarte #natalluzgramado #serragaucha
  • Samarkand, no Uzbequistão, ficava no coração na antiga rota da seda, um lugar exótico e pouco explorado, seu conjunto arquitetônico de mesquitas, medressas e mausoléus é infindável.
Um lugar incrível para ser descoberto.
.
.
.
.
#uzbequistao #samarkand #silkroute #viajandocomarte #photography #amazingplaces #centralasia
  • O prédio do parlamento húngaro localizado às margens do rio Danubio, é um dos mais bonitos da Europa. Reza a lenda que foi inspirado no Palácio de Westminster de Londres, com a adição de torres com em estilo gótico.
Em Budapeste não deixe de fazer o passeio de barco pelo rio para ter uma@perspectiva diferente da cidade.
.
.
.
.
.
#hungria #lesteeuropeu #budapeste #viajandocomarte #riodanubio #photography #amazingplaces
  • Pedalando em Estrasburgo. Uma cidade cortada por canais com um toque germânico.
.
.
.
#frança #estrasburgo #bike #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • Porto Alegre em horário nobre.
.
.
.
#portoalegre #orladoguaiba #viajandocomarte #photography
  • Lisboa está no auge, cheia de programações culturais, restaurantes e novidades.
Destino perfeito para quem quer um clima ameno e fugir da folia do carnaval.
.
.
.
#portugal #lusboa #alfama #viajandocomarte #photography #amazingplaces
  • Hoi An é uma cidadezinha encantadora, repleta de lanternas coloridas. Inspira romance ❣️
Não pode ficar de fora num roteiro pelo Vietnam.
.
.
.
#vietnam #asia #viajandocomarte #viagem #nightmarket #lanternas